EM MOVIMENTO

Posição do MDM sobre a reintegração de Cristina Tavares no seu posto de trabalho

Finalmente, Cristina Tavares foi reintegrada no seu posto de trabalho, na empresa de onde foi despedida duas vezes e onde foi vítima de assédio moral. Ao longo destes dois longos anos, a Cristina revelou ser uma grande mulher, uma grande lutadora, capaz de não baixar os braços perante ilegalidades e violências.

O MDM, que acompanhou desde sempre o longo processo de luta da Cristina e do seu Sindicato, vem manifestar o seu regozijo pelo desfecho feliz deste longo processo.

Parabéns Cristina! Parabéns ao Sindicato dos Corticeiros, que a apoiou passo a passo! Parabéns ao Movimento Sindical, em geral, com destaque para a União de Sindicatos de Aveiro e para a CGTP, que soube mobilizar meios e vontades para levar a cabo esta dura luta! Parabéns a todos e todas os/as que sempre estiveram com ela, incentivando-a a não desistir! E foram tantos/as!

Nós, mulheres do MDM, estivemos presentes em todas as iniciativas de solidariedade organizadas pelo Movimento Sindical, enviámos uma carta aberta ao Primeiro-ministro, interviemos, sempre que possível, reclamando por justiça!

É com enorme felicidade que vemos ter-se cumprido o que, a propósito, manifestámos, por ocasião das comemorações do 25 de ABRIL: «Neste 45º aniversário do 25 de ABRIL, em que se comemora a Revolução Libertadora, que fez do direito ao trabalho com direitos uma das suas mais belas conquistas, esperamos poder também comemorar a reposição da justiça para com esta mulher resistente! Que o resultado dos processos, que estão em curso, seja uma clara demonstração de que a lei é para se cumprir na vida! Como sempre dizemos, o direito ao trabalho com direitos é também condição fundamental para a emancipação das mulheres e a conquista da igualdade em todos os aspectos da vida!».

Felizmente, cumpriu-se ABRIL!

Aveiro, 27 de Junho de 2019

wb_gestao2Posição do MDM sobre a reintegração de Cristina Tavares no seu posto de trabalho

Related Posts