Esta reconfiguração ofensiva da NATO está em total contraste com os princípios constitucionais do Estado português e por isso deve ser banida. Isto é o que nós mulheres da Europa, dissemos em Madrid aquando da Cimeira da Nato de 2022, e depois em Vilnius 2023 e, em 2024 voltamos a dizer ao Governo de Portugal: Não é em nosso nome que se faz e alimenta as guerras. Não ao envolvimento das mulheres nos planos de guerra. Em vez disso, dizemos que as mulheres são agentes de vida na defesa da paz, e por isso lutámos e lutaremos.

Manifestação Nacional de Mulheres 2024. Intervenção de Tânia Mateus

Que maravilhosa celebração da força das mulheres transborda nesta Manifestação Nacional de Mulheres! Que determinação, força e alegria trouxemos para o Largo do Carmo, um lugar emblemático de Abril, em que transportamos os sonhos e as aspirações das mulheres a uma vida feliz, com direitos e igualdade.

2007-2024 | 17 anos após o Referendo da despenalização da IVG

Uma luta de décadas, Um direito conquistado As mulheres lutaram e conquistaram o direito a escolher! 2007-2024 | 17 anos após o Referendo da despenalização da IVG Exige-se o cumprimento da Lei da Interrupção Voluntária da Gravidez, através do SNS

IVG Protesto e Indignação

Reproduzimos a carta enviada à Direcção de Informação da RTP a propósito da entrevista transmitida sobre a IVG, manifestando o nosso protesto e indignação pela mesma e desafiando a RTP a permiti, em espaço idêntico ao que deu aos que se opõe a este direito conquistado pelas mulheres, entrevistar o MDM .

Dia Internacional de Solidariedade com o Povo da Palestina

Um cessar-fogo duradouro na Faixa de Gaza, a criação do Estado da Palestina são exigências das Nações Unidas e da comunidade internacional que urge pôr em prática. . É urgente um cessar-fogo imediato, para pôr fim às mortes, à violência e ao massacre daquele povo destroçado pelo peso das armas e das bombas

wb_top_accessHome