29 de Novembro de 2017

MDM celebra Dia Internacional da Solidariedade com o Povo Palestino

O Núcleo de Faro do MDM celebrou a 27 de Novembro o Dia Internacional da Solidariedade com o Povo Palestino, data comemorativa instituída pelas Nações Unidas para lembrar o aniversário, no dia 29 de novembro, da Resolução 181 da Assembleia Geral das Nações Unidas. Em 14 de Maio de 1948, nascia o Estado de Israel, mas quase sete décadas depois, “o mundo ainda espera o nascimento de um Estado palestino independente” (palavras do actual secretário-geral da ONU, em 05/06/2017).

O MDM considera que povo da Palestina tem direito à sua pátria, direito a viver num país soberano e viável. Os milhões de refugiados palestinos têm direito a regressar ao seu país e aos seus lares. Os milhares de presos políticos que Israel mantém detidos têm direito à liberdade. A ocupação israelita bem como a construção de colonatos israelitas ilegais na Cisjordânia não pode continuar.

É tempo para juntar e ampliar as vozes da solidariedade pelo cumprimento das resoluções das Nações Unidas sempre desrespeitadas por Israel. A Palestina tem direito à liberdade e à paz

Nesta iniciativa foi inaugurada uma exposição, cedida pela Embaixada da Palestina, denominada «Herança Cultural Palestiniana: História de Luta». Esta é uma exposição documental e etnográfica sobre o povo da Palestina e estará patente até 3 de Dezembro.

Após a inauguração da exposição seguiu-se uma Conferência, que contou com a presença de:

Nabil Abuznaid, Embaixador da Palestina creditado em Portugal; Custodio Moreno, Diretor Regional do Algarve do IPDJ; Regina Marques, da Direção Nacional do MDM; e Carlos Baía, Vereador da Câmara Municipal de Faro.

Na exposição e na conferência foram lidos poemas palestinos do Autor Albano Martins, pelo Actor/Encenador Paulo Moreira.

Finalizou com um Porto de Honra, num brinde ao Povo Palestino pela tenacidade e coragem na luta pela construção da sua Pátria.

Ver fotografias

No Banner to display