26 de Novembro de 2017

Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher assinalado na Covilhã

O núcleo do MDM na Covilhã assinalou ontem o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher com uma instalação /exposição intitulada “Violências”, nas Escadas de Santo André, onde se representou uma «black carpet» das 18 mulheres mortas em 2017 vítimas de violência doméstica.

À noite teve lugar um jantar/debate, com a presença de Sandra Benfica, da Direcção Nacional do MDM, onde deixou claro que a violência contra as mulheres é um crime que não pode ser tolerado ou justificado pela cultura, tradição, religião ou relação de poder dentro da família, comunidade ou Estado, e que toda e qualquer violência física, sexual ou psicológica contra as mulheres é uma violação dos direitos humanos, uma afronta à dignidade das mulheres e uma forma de discriminação sobre as mulheres, sendo também um obstáculo à plena participação das mulheres na vida económica, social, política e cultural, com efeitos negativos no desenvolvimento e no progresso do país.

No Banner to display