SAÚDE DA MULHER

Numa abordagem relativa à saúde da mulher é imprescindível falar das suas especificidades que estão sobretudo relacionadas com a saúde sexual e reprodutiva.

No plano internacional, os direitos sexuais e reprodutivos só foram consagrados, em 1995, com a Declaração e Plataforma de Acção de Pequim, adoptada pela IV Conferência Mundial sobre a Mulher, da ONU.

Esta consagração permitiu considerar a saúde sexual e reprodutiva como um barómetro do desenvolvimento humano com impacto no indivíduo, na família e na sociedade como um todo. O efectivo acesso das mulheres a estes direitos exige uma resposta integral nos cuidados de saúde, quanto ao planeamento familiar, ao acompanhamento na gravidez, o parto e pós‐parto, na gravidez de risco e prematuridade, ao recém‐nascido e às doenças sexualmente transmissíveis.

A  efectivação  dos  direitos  das  mulheres,  na  lei  e  na  vida,  exige  que  todas  tenham acesso  à  saúde.  Uma  exigência  que  só  pode  ser  cumprida  pelo  Serviço  Nacional  de Saúde  (SNS).

Seminário aprova Memorando sobre patologia mamária

O Movimento Democrático de Mulheres (MDM) e a Associação de Mulheres com Patologia Mamária (AMPM - Barreiro) promoveram, no passado no dia 29 de Setembro, na Cooperativa Cultural Popular Barreirense, um debate aberto e vivo sobre a patologia mamária nas mulheres.

Campanha “Uma princesa não fuma”

“Campanha “Uma princesa não fuma” não é compreensível, nem aceitável!  MDM pede esclarecimentos e exige que não se realize o lançamento do filme “Uma princesa não fuma”, nas salas de cinema, nas redes sociais, no youtube e, nos canais de televisão. Divulgamos pedido de esclarecimento pedido ao Ministério da Saúde, à Direcção Geral da Saúde;  à Secretaria

Dia Mundial da Saúde da Mulher – 2018

O MDM solidariza-se com o SIM ao direito à IVG na Irlanda, vencendo barreiras que pareciam intransponíveis. E, em Portugal, o MDM exige o cumprimento integral do SNS como garantia da saúde sexual e reprodutiva e respectivos direitos, para todas as mulheres.

MDM debate saúde da mulher em Alhandra

Realizou-se no dia 16 de Maio, em Alhandra, um debate com o tema “A Saúde da mulher: contexto actual e propostas para o futuro”, promovido pelo núcleo distrital de Lisboa do MDM.

A saúde não é um negócio!

A acção de contacto com trabalhadores e utentes dos hospitais de S. José, Curry Cabral, Santa Marta, Capuchos e Maternidade Alfredo da Costa, teve boa receptividade quanto às principais preocupações com o eventual encerramento dessas unidades hospitalares e aos problemas de acesso ao Serviço Nacional de Saúde.

wb_gestaosaúde da mulher