EM MOVIMENTO

Michèle Boullier Faro, dirigente associativa

Vou à manifestação de 10 de Março porque hoje como nunca assistimos a um retrocesso do papel da mulher na sociedade, continuamos com uma desigualdade salarial inexplicável, não basta considerar a palavra femininista como a palavra do ano, os ritmos acelerados de trabalho, a precariedade são um entrave à consciencialização e à participação das mulheres, a igualdade não pode estar só na lei, tem de estar na vida de todas as mulheres.
Apelo a que todos participem nesta luta que não é de apenas um género, é de todos nós!

wb_gestao2Michèle Boullier Faro, dirigente associativa

Related Posts